Cuidados com o seu pet durante o passeio

Cuidados com o seu pet durante o passeio
5 (100%) 1 vote

Hoje vamos falar sobre algo rotineiro, mas que necessita de atenção especial: cuidados com o  seu animal de estimação durante o passeio.

Inicialmente é importante que saibamos que, para o cão, o passeio vai além de um período de lazer e de socialização com outros animais, tornando-se um exercício para mente trazendo equilíbrio e sensação de bem-estar. Vale ressaltar que, além do cuidado com a condução dos nossos amigos, é fundamental que as vacinas anuais estejam em dia, assim como vermífugos e antipulgas.

Para que o passeio se torne seguro e prazeroso para o cão e para o tutor, seguem algumas dicas:

*COLEIRAS E GUIAS: A escolha da coleira/guia não deve ser feita pela beleza, mas sim pela funcionalidade e conforto. Aqueles animais de pequeno porte, os mais ansiosos que costumam puxar muito durante o passeio ou que possuem alguma disfunção de coluna (discopatias, mal formações, entre outras) devem utilizar peitorais, evitando maiores sobrecargas e possíveis lesões. Em contrapartida, aqueles cães de porte grande ou que estão realizando algum tipo de adestramento é recomendado uso de enforcador por se tratar de uma ferramenta de treino de cães que proporciona controle do animal e permite uma comunicação baseada no movimento. O importante é fazer a escolha de acordo com as características do seu animal para um passeio seguro e confortável.

*HORÁRIOS: dar preferência para início da manhã (até às 10h) e fim da tarde (a partir das 16h), evitando o calor excessivo e possível queimaduras nos coxins, conhecidas “almofadinhas” das patas do animal. Além disso, devem ser evitados os passeios após as refeições, pois quando ocorre a dilatação gástrica para digestão, existe uma maior probabilidade de rotação do estômago, principalmente em cães de porte grande como: Rottweiler, Labrador, Boxer e Fila. Entretanto, o conselho é válido para todos, afinal, não é nada agradável passear durante a digestão.

*INTENSIDADE DO PASSEIO: dependendo do porte físico, temperatura do ambiente, idade e temperamento do animal, a intensidade do passeio deve ser variada. Para aqueles cães ansiosos, o passeio diário com hora e tempo de duração programada é muito benéfico. Para aqueles mais idosos ou portadores de alguma enfermidade é preferível caminhadas curtas e lentas, a fim de manter a musculatura saudável e evitar problemas metabólicos como a obesidade. Bom senso é fundamental neste quesito!

*LOCAIS PARA PASSEIO: evitar sempre que possível asfalto, calçamento, areia da praia, locais que ficam muito quentes! Dar preferência à grama do parque. Pode realizar caminhadas esporádicas em pisos mais ásperos, mas nunca quente. Isso ajudará a endurecer as almofadas das patas, promovendo a formação de uma pele mais grossa e menos sensível a queimaduras e abrasão. Os animais que andam somente em piso liso e macio, terão coxins mais sensíveis e finos, exigindo cortes de unhas frequentes para evitar lesões de contato e atenção especial à temperatura do chão ao passear. A utilização de hidratantes veterinários evita rachaduras e descamação que podem causar lesões e dor.

*HIDRATAÇÃO: em dias mais quentes ou em passeios mais longos é fundamental levar uma garrafa de água para dar algumas paradinhas no caminho e manter a hidratação. Esse é um detalhe importante que faz toda diferença para seu pet terminar o trajeto bem disposto.

*FILTRO SOLAR: Os índices de radiação UV nunca estiveram tão altos e diariamente ouvimos a recomendação do uso de protetor solar com fator cada vez mais alto. O que poucos sabem é que cães e gatos de pelagem branca/rosada, ou ainda, rasa em pontos como: ponta de orelhas, ao redor dos olhos, focinho, patas e cauda precisam usar protetor solar diariamente antes de se expor ao sol. Portanto, este quesito vai além do passeio! Reforce o uso do filtro solar e reaplique durante o dia, de acordo com a recomendação do fabricante. Sugere-se utilizar protetor solar específico para animais, que é mais espesso e difícil de ser removido pela lambedura. Abuse do filtro solar!

Desfrutar e compartilhar deveriam ser as palavras que melhor definem a ação de levar seu animal para passear. Portanto, lembrem-se: cuidem dos detalhes, eles fazem toda diferença para um passeio seguro, saudável e harmonioso para você e seu animal.

Médica Veterinária
CRMV/RS 13820

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.