Anorexia em gatos: falta de apetite pode ser sinal de problema grave

Anorexia é o termo que se usa para definir a redução e/ou total perda de interesse pelo alimento. É um dos sinais mais comuns que levam o tutor de gatos ao médico veterinário.

Dentre todos os tipos de anorexia, a falta de apetite decorrente a uma doença primária é a mais comum na rotina de clínicas veterinárias, seguido por causas comportamentais.

Tipos de anorexia

A anorexia pode ser dividida em:

  • Primária, quando ocorre por alterações neurológicas ou comportamentais;
  • Secundária, onde a causa são outras doenças primárias (sistêmicas) como gastroenterites, doenças infecciosas (FIV/FeLV), insuficiência renal crônica;
  • Pseudoanorexia, quando o animal tem fome mas não consegue fazer a apreensão do alimento, como, por exemplo, em doença oral agravada.

No momento em que um felino chega ao atendimento veterinário, e é constatado o sinal clínico de anorexia, quanto mais rápido for o diagnóstico e o entendimento do que ocasionou a falta de apetite, melhor será o prognóstico do felino.

Quando não tratado, pode ter graves complicações, como acúmulo de gordura no fígado – lipidose hepática, desencadeado pelo jejum prolongado, podendo levar a óbito.

Abordagens para reverter a falta de apetite nos gatos

Existem várias abordagens que podem ser feitas para reverter a falta de apetite nos gatos, dependendo da causa desse desinteresse.

Por exemplo, na anorexia primária por mudanças comportamentais, investigar o que mudou recentemente na rotina desse gato e decidir a melhor abordagem para essa mudança. Às vezes, mudança na marca de ração já pode ser suficiente para causar uma recusa à alimentação.

No caso de anorexia secundária por outras doenças, temos sempre que investigar e tratar a doença primária, sem subestimar a falta de apetite.

Como não podemos deixar esse felino inapetente, temos algumas formas de estimular o interesse pelo alimento na medicina veterinária, dentre esses estímulos, uma classe farmacológica conhecida por orexígenos.

O papel dos estimulantes de apetite na anorexia

Os orexígenos, ou mais conhecidos como estimulantes de apetite, são remédios sempre prescritos sob orientação do médico veterinário, para ajudar a volta do interesse pelo alimento.

A mirtazapina é o orexígeno mais usado para ajudar os gatos a reverter a falta de apetite, e no mercado veterinário podemos contar com a MIRTZ , a primeira e única mirtazapina veterinária.

A qualquer sinal, busque ajuda do veterinário

Como anorexia é um sinal clínico comum, mas muito abrangente em felinos, sempre que notar essa mudança de interesse pelo alimento no seu gato, não espere para levar ao médico veterinário.

Quando antes for identificado a causa dessa anorexia, mais sucesso o tratamento pode ter. Para falar com a Pet Center Canoas, clique aqui.

Mais posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.